Catarina
De: Jacinto Lucas Pires
Estreia: 18 de Novembro 2016

Carreira: Faro

Este espectáculo parte de um poema de Sophia de Mello Breyner Andresen que tem
o título de Catarina Eufémia. Deste poema, constam dois temas que elegemos para a centralidade do texto que a ACTA encomendou a Jacinto Lucas Pires: o tema da Justiça e a relação que Sophia estabelece entre Catarina e Antígona unindo a antiguidade com a contemporaneidade. Partindo do contexto político particular que conduziu ao assassinato de Catarina Eufémia pelas forças da repressão salazarista, em 1954,
procurará trazer, na esteira do referido poema, uma reflexão ética, expressa numa feição pluridisciplinar – teatro, música e dança.

 

AUTOR: Jacinto Lucas Pires. DRAMATURGIA E ENCENAÇÃO: Luís Vicente ·INTERPRETAÇÃO: Sandra Barata Belo (protagonista), Pedro
Lima, Luís Vicente, Elisabete Martins, Glória Fernandes, Sara Mendes Vicente, Tânia da Silva, entre outros/as · ESPAÇO C ÉNICO E F IGURINOS:
Jean-Guy Lecat · EXECUÇÃO C ENOGRÁFICA: Tó Quintas · COREOGRAFIAS: Filipa Rodriguez · PRODUÇÃO: ACTA